O Centro de Assistência à Saúde Unec é comprometido em oferecer um serviço de acolhimento ao paciente com excelência, por meio de profissionais treinados e com autonomia para tratar de questões que envolvam o bem-estar do paciente.

Acreditamos que a assistência à Saúde deve ser pautada no contato humano, de forma acolhedora, sem juízo de valores, afim de contemplar a integralidade do ser humano

Humanizar a Assistência à Saúde significa agregar à eficiência técnica e científica, valores éticos, além de respeito e solidariedade ao ser humano. A equipe do Acolhimento do Casu valoriza a vida humana e a cidadania, considerando assim, as circunstâncias sociais, étnicas, educacionais e psíquicas que envolvem cada indivíduo.

Pesquisa com pacientes revela excelência no atendimento do CASU

Devido ao nosso trabalho de humanização, as avaliações dos usuários em relação ao Casu revelam a excelência dos nossos serviços.  Um pouco mais de um ano após entrar em funcionamento na nova sede, o Casu é considerado por todos os pacientes entrevistados como ótimo ou bom, segundo pesquisa que avaliou a satisfação dos usuários. O acolhimento na recepção e o atendimento das equipes médicas foram os serviços que receberam a melhor avaliação na pesquisa do Centro de Saúde.

As entrevistas foram realizadas durante três meses, em 2015, com 559 pacientes, que representam a metade dos usuários atendidos no período. A pesquisa avalia os serviços oferecidos na unidade sobre o nível de satisfação de pacientes em atendimento, considerando aspectos como: acolhimento das equipes médicas e dos profissionais da recepção, tempo de espera, limpeza, entre outros itens.

Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde

Para alcançar excelência no atendimento, o Casu segue a Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde, a qual entende por Humanização a valorização dos diferentes sujeitos implicados no processo de produção de saúde. Tal política enfatiza a autonomia e o protagonismo de cada profissional, a corresponsabilidade entre eles, o estabelecimento de vínculos solidários e a participação coletiva no processo de gestão.

© CASU 2017, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS